top of page

quem

somos

>>>

A Lendias d’Encantar foi fundada em Beja em 1998 como companhia profissional de teatro, mas o seu percurso durante estes 25 anos tem ultrapassado em larga escala essa vertente. Para além da criação e da produção teatral, tem coexistido um investimento contínuo da companhia na formação de públicos, na dinamização de atividades para comunidades locais mais fragilizadas e na programação cultural da região, fruto de um trabalho de grande proximidade com o território.


Para além desta intervenção em profundidade desenvolvida no Baixo Alentejo, grande parte dos espetáculos da companhia têm um nível de circulação elevado, tanto a nível nacional como internacional. Como exemplos dessa difusão do trabalho artístico da LdE pelo mundo, podemos referir países como Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Cuba, Espanha, Honduras, México, Nicarágua, República Dominicana, Venezuela onde a companhia já se apresentou, com espetáculos diferentes e em muitos deles várias vezes.


A nível artístico, a LdE permanece atenta às dramaturgias emergentes e contemporâneas, dando especial atenção à sua escolha no repertório apresentado. A companhia aposta igualmente na diversidade dos trabalhos apresentados, na seleção cuidada de dramaturg@s, encenador@s, atrizes e atores e na sua formação continuada e em contexto, o que se tem traduzido na sua afirmação no atual panorama teatral português.


Paralelamente, a LdE tem desenvolvido um trabalho sistemático e intenso na formação de novos públicos. Através da dinamização de oficinas de expressões – dramática e plástica - para crianças e jovens, da realização de ações de formação de trabalho de atriz/ator para adultos e resgatando os espetáculos dos espaços cénicos tradicionais para espaços não convencionais.


A LdE também entende o teatro como uma forma privilegiada de intervenção social. Por isso, tem realizado um trabalho de articulação com várias entidades locais, nomeadamente escolas, associações de desenvolvimento local e ONGs, com o objetivo de incluir nas vivências do território as comunidades mais marginalizadas.

 

Em 2014 nasceu o FITA, Festival Internacional de Teatro do Alentejo, que ao longo das suas nove edições, permitiu à região Alentejo assistir ao melhor da criação artística do espaço Iberoamericano. Passados 5 anos, em 2019 foi a vez do Festival das Marias uma co-produção com a CADAC, Companhia de Dança Contemporânea do Alentejo. 

 

Atualmente a Lendias d’Encantar faz parte de importantes redes de programadores internacionais, a REDELAE, EFIBERO e CLT, que no seu conjunto integram cerca de 100 festivais internacionais de teatro.

António Revez, Director Teatral Lendias d´Enacantar, Director Fita, Director Artísitico
Julio Cesar Ramirez, Director Teatral; Teatro D´Dos, Cuba, Havana

António Revez

Director Artístico

Julio César Ramirez

Co-Director Artístico

ivan_castro.jpg

Ivan Castro

Director Técnico

Ana Rodrigues; directora de arte, director de arte lendias d´encantar, art director, Designer gráfico, graphic designer, cenografa, scenography, costume designer, figurinista

Ana Rodrigues

Diretora de Artes

clara_cunha.jpeg

Clara Cunha

Actriz,

Produção

vitor_alegria_edited.jpg

Vitor Alegria

Produção

ines_minor.jpg

Inês Minor

Actriz,

Assistente de Produção

Yakelin Yera Morales

Yakelin Morales

Actriz

bottom of page