MEDEIA NEGRA

CIA VILAVOX

BRASIL - M/14

SINOPSE

A tragédia grega atualizada na voz e no corpo de uma mulher negra.  “Medeia Negra” é um grito épico, lírico e musical. A releitura traz a personagem trágica num corpo bárbaro, atemporal, negro e a sua relação com a versão mais conhecida do mito, do tragediógrafo Eurípides.
Medeia representa as mães ancestrais que expressam a morte como transformação e reconstrução e não como o fim da vida. Nesta montagem, o mito grego é revisitado pelo processo de descolonização do pensamento patriarcal e, através dele, questiona o condicionamento social que marginaliza, julga e condena corpos considerados inadequados, estrangeiros, estranhos.
A peça constrói uma narrativa em que o público é convidado, a cada cena, a refletir e a posicionar-se diante das provocações da personagem. A musicalidade das cenas constrói imagens que conduzem o espectador numa viagem entre diferentes Medeias. A Medeia Negra transborda o interior de uma mulher negra, trazendo à tona os encarceramentos emocionais vividos durante a formação da personalidade e da psique desse feminino.

FICHA ARTISTICA

Concepção e Actuação Márcia Limma | Direção Tânia Farias | Assistente de Direção Gordo Neto | Dramaturgia Márcio Marciano e Daniel Arcades | Direção Musical e Piano Roberto Brito | Cenografia e Adereços Márcia Limma | Coordenação de Produção Vitor Barreto | Produção Executiva Márcia Limma e Ramona Gayão | Produção Artística Bruno Guimarães | Figurino e Visagismo Rino Carvalho | Assistente de Figurino  Angélica Paixão | Luz Nando Zâmbia | Assistente em Iluminação e Operação de Luz Milena Pitombo | Operação de Som Ivo Conceição | Preparação Vocal Marcelo Jardim | Desenho de Canto e ação vocal Márcia Limma | Assessoria de Comunicação Mônica Santana | Artista Gráfico Caio Sá Telles e Caracol

 

© 2017 - Lendias d'Encantar. 

barra_logos_FEEI.png
  • Facebook - Black Circle
  • Instagram - Black Circle