António Revez<<

António Revez nasceu em Lisboa em 1972. Iniciou a sua actividade como actor em 1992. Em 1997 funda a Lendias d’ Encantar onde acumula as funções de director artístico, actor e encenador.

 

Como actor trabalhou essencialmente em teatro (cerca de 50 produções), mas também passou pelo cinema e televisão. Em 2002 inicia a sua actividade como encenador: “O Amor é o Amor... e depois?!”, “Eroscópio” e “Deflagrações”, espectáculos onde a música se alia à poesia; “Macaco do Rabo Cortado”, “As Criadas”, “O Principezinho”, “Nunca Estive em Bagdad”, “37”.

É o criador e director artístico do Ciclo 1Actor 1Músico desde 2009, onde dirigiu espectáculos com textos criados a partir das obras de Sophia de Mello Breyner Andresen, Hérberto Hélder, Nuno Júdice, António Gedeão, Fernando Pessoa, entre muitos outros.

Desde 2003 que mantém uma participação regular em festivais internacionais de teatro e outros eventos, nomeadamente em Cuba, Canadá, Venezuela, Nicarágua, Chile, Argentina, Colômbia, Brasil e Espanha.

Actualmente é Director Artístico do FITA - Festival Internacional de Teatro do Alentejo e do "Festival das Marias". É membro da REDELAE e dos Corredores Latinoamericanos de Teatro.