António Abernú<<

Frequentou Eng. Aeronáutica na UBI, Covilhã, onde começa a fazer teatro no Teatrubi, acabando no Centro Dramático de Évora. Actor, Autor, Encenador, Investigador e Formador. Trabalhou no Teatro da Beiras. Inicia simultaneamente um trabalha de direção e formação em grupos de teatro amador e universitário.

 

Participação na XI Sessão da I.S.T.A. (International School of Theatre Anthropology) de Eugénio Barba. Em 2000, funda a ASTA – Associação Teatro e Artes do Distrito de Castelo Branco. Em 2004 concebe o projeto Teatro Virtual, POC, FEDER. 1º Seminário Encenadores no Teatro D.Maria II, Lisboa. Em 2011 a convite da Biblioteca da Fac. Ciências e Tecnologias/UNova Lisboa, escreve, cria e interpreta:

 

O homem que queria ser água - espetáculo de sensibilização sobre a ontologia da água e os problemas ambientais, que tem o apoio institucional da UNESCO. Mestre em Ciências da Comunicação pela Fac. Ciências Sociais e Humanas da UNova Lisboa. Moderador de Teatro Debate na Associação USINA. Membro do Projeto Europeu Tell Me - Erasmus + info em https://antonioabernu.com/